AP Photo/Staff Sgt. Daniel Stoutamire
AP Photo/Staff Sgt. Daniel Stoutamire

Coalizão planeja ofensiva iraquiana para retomar Mossul

Autoridade do Comando Central revela que forças militares deverão ser formadas por entre 20 e 25 mil homens entre abril e maio

O Estado de S. Paulo

19 de fevereiro de 2015 | 19h40

Uma autoridade militar americana disse que a operação para retomar a segunda maior cidade iraquiana do controle dos militantes do Estado Islâmico deve começar em abril ou maio e vai envolver cerca de 12 brigadas iraquianas e curdas ou entre 20 mil e 25 mil soldados.

A autoridade do Comando Central diz que cinco brigadas do Exército iraquiano serão treinadas pela coalizão internacional no Iraque. A autoridade diz que há cerca de mil a dois mil insurgentes na cidade de Mossul. O grupo tomou a cidade do norte do Iraque em junho. Líderes militares têm falado sobre retomar a cidade há algum tempo.

Se forças iraquianas não estiverem prontas até abril ou maio, a operação pode ser postergada, disse a autoridade, que falou sob a condição de anonimato por não poder discutir o assunto publicamente./ AP e REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
EUAIraqueMossul

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.