Começo da 'Black Friday' na quinta abre temporada de compras nos EUA

Consumidores dos EUA aproveitaram as ofertas de varejistas na quinta-feira à noite para o tradicional início da temporada de compras após o feriado de Ação de Graças, fazendo fila nas lojas para conseguir ofertas em produtos eletrônicos e outros itens ou só para ver de perto a intensa movimentação.

PHIL WAHBA E MARTINNE GELLER, Reuters

23 de novembro de 2012 | 08h50

"Eu gosto de assistir à insanidade, honestamente", disse Jon Stroker, de 40 anos, de Littleton, New Hampshire, depois de gastar cerca de 280 dólares em uma loja Wal-Mart da cidade e aproveitando o início, às 20h da quinta-feira, das promoções da chamada "Black Friday" ("Sexta-feira Negra").

Este ano, a Target juntou-se a lojas como Wal-Mart e Gap na abertura antecipada das promoções em pelo menos uma parte da quinta-feira. Algumas lojas ficaram abertas durante o dia todo, uma tendência de antecipação das ofertas que começou a se firmar em 2011.

As lojas com descontos do Wal-Mart, que ficam abertas no dia de Ação de Graças desde 1988, ofereceram algumas ofertas "Black Friday" a partir das 20h (horário local) e ofertas especiais em alguns produtos eletrônicos por volta das 22h.

"É um reconhecimento de que os varejistas precisam ser mais agressivos e de que querem mostrar que suas lojas físicas são importantes", disse o analista sênior da Moody's Charles O'Shea.

A Federação Nacional de Varejo dos EUA prevê um aumento de 4,1 por cento nas vendas do varejo durante o período de férias de novembro e dezembro deste ano, abaixo do crescimento de 5,6 por cento visto em 2011.

Em uma pesquisa separada, a mesma entidade disse que 147 milhões de pessoas iriam às compras de sexta a domingo, ante 152 milhões no fim de semana do "Black Friday" do ano passado. A pesquisa não informou quantos clientes planejavam ir às lojas na quinta-feira.

(Reportagem de Phil Wahba e Martinne Geller, em Nova York; Reportagem adicional de Jessica Wohl, em Chicago; Beth Pinsker Gladstone, em Nova York; e Jason McLure, em Littleton, New Hampshire; Barbara Liston, em Orlando, Flórida; e Ilaina Jonas, em Westbury, Nova York)

Tudo o que sabemos sobre:
EUACOMPRASBLACKFRIDAY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.