Condenado à morte retira próprio olho e come nos EUA

O incidente ocorreu no início do mês passado no corredor da morte do estado, segundo fontes judiciais

EFE,

10 de janeiro de 2009 | 02h36

Andre Thomas, um condenado à morte, arrancou o único olho que tinha e o comeu, informou nesta sexta-feira, o departamento de Justiça do Texas, nos Estados Unidos. O incidente ocorreu no início do mês passado no corredor da morte do estado, segundo fontes judiciais. Segundo as mesmas fontes, citadas pela imprensa local, Thomas, condenado à morte por matar sua mulher, seu filho e uma enteada de 13 meses, de quem extraiu o coração, já tinha arrancado e comido um olho quando esperava por seu julgamento em 2004. Por enquanto, ainda não se sabe como Thomas, de 25 anos, extraiu o olho, mas aparentemente ele usou as próprias mãos para fazer tal tarefa. Após o último incidente, Thomas foi enviado imediatamente a uma clínica psiquiátrica. "Lá ele receberá a atenção para sua saúde mental que estava pedindo desde o princípio", assinalou o promotor Bobbie Peterson ao jornal"Sherman Herald Democrat".

Tudo o que sabemos sobre:
CORREDOR DA MORTE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.