Condoleezza Rice busca formar grupo bipartidário em imigração

A ex-secretária de Estado dos EUA Condoleezza Rice está trabalhando para montar um grupo de destacados políticos republicanos e democratas para encontrar soluções bipartidárias para o problema da imigração no país, disse nesta sexta-feira uma fonte familiarizada com os planos.

Reuters

08 de fevereiro de 2013 | 18h58

Condoleezza é professora de ciências políticas na Universidade de Stanford, na Califórnia, e membro sênior do Hoover Institution. Ela está se empenhando pela criação do grupo com o ex-governador do Estado do Mississippi Haley Barbour, que é republicano, e com dois democratas, o ex-governador de Pensilvânia Ed Rendell e o ex- secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano Henry Cisneros, disse a fonte, sob condição de manter o anonimato.

O esforço pela formação do grupo ocorre num momento em que o presidente Barack Obama e as duas casas do Congresso estão envolvidos na busca de um meio de rever as leis de imigração dos EUA de forma que seja fortalecida a segurança ao longo da fronteira com o México e, ao mesmo tempo, se crie um caminho para que cerca de 11 milhões de imigrantes ilegais tenham direito à cidadania.

Condoleezza fez um discurso bem-recebido na Convenção Nacional Republicana, em Tampa, em meados do ano passado, mas não tem demonstrado ter grandes aspirações políticas desde que deixou o Departamento de Estado, no final do governo de George W. Bush, há quatro anos.

(Reportagem de Steve Holland)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAIMIGRACAOCONDOLEEZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.