Conflito na Geórgia pode virar uma guerra, diz chefe da OSCE

O chefe da Organização de Segurança eCooperação na Europa (OSCE) pediu na sexta-feira que todas asatividades militares na zona do conflito entre a Geórgia e aOssétia do Sul sejam interrompidas e alertou para apossibilidade dos conflitos virarem uma guerra. "As intensas lutas na zona de conflito da Ossétia do Sulcorrem o risco de evoluir para uma guerra completa", disse oministro das Relações Exteriores finlandês Alexander Stubb, quechefia a organização neste ano. "Uma guerra teria um efeitodevastador para toda a região."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.