Divulgação/Reuters
Divulgação/Reuters

Congressista americano renuncia após 'flertar' na web com outra mulher

Republicano Chris Lee, de 46 anos, que é casado, enviou fotos suas sem camisa pela internet

REUTERS

10 de fevereiro de 2011 | 08h11

WASHINGTON - Um congressista norte-americano, casado, renunciou abruptamente ao seu cargo depois de serem divulgadas informações de que ele havia enviado mensagens de flerte e fotos suas sem camisa para outra mulher, através de um site na Internet.

O republicano Chris Lee, de 46 anos, divulgou um comunicado se desculpando por suas atitudes, mas não mencionou diretamente um relatório da Internet sobre suas comunicações pelo site Craigslist com uma mulher que não era sua esposa.

Ele estava cumprindo o segundo ano de mandato na Câmara dos Deputados, representando um distrito no estado de Nova York.

O site gawker.com imprimiu uma série de e-mails que o deputado teria trocado com a mulher, que pediu para não ser identificada. O site também publicou uma foto de Lee sem camisa e informou que ele se descreveu como sendo um lobista divorciado e um "cara saudável, divertido e de classe".

"Os desafios que encontramos no oeste de Nova York e no país são sérios demais para que eu permita que essa distração continue, e portanto estou anunciando que renunciei à minha cadeira no Congresso imediatamente", disse Lee em comunicado divulgado no site do Congresso.

"Lamento pelo sofrimento que minhas atitudes causaram à minha família, minha equipe e meus eleitores. Peço minhas sinceras desculpas a todos eles. Eu cometi erros profundos e prometo fazer meu melhor para buscar seu perdão", disse Lee.

(Reportagem de Joanne Allen)

Tudo o que sabemos sobre:
EUACONGRESSISTARENUNCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.