Congresso dos EUA aprova novo pacote de sanções contra Irã

O Congresso norte-americano aprovou nesta quarta-feira um novo pacote de sanções contra o Irã com o objetivo de punir bancos, seguradoras e companhias de navegação que ajudam o governo iraniano a vender seu petróleo.

ROBERTA RAM, Reuters

01 de agosto de 2012 | 21h44

A legislação, acordada pelos líderes dos dois partidos, "busca apertar o cerco contra o regime além de qualquer coisa que tenha sido feita antes", disse a deputada republicana Ileana Ros-Lehtinen, presidente do Comitê de Assuntos Externos da Câmara.

A proposta segue agora para a sanção do presidente Barack Obama. A lei amplia as sanções comerciais sancionadas por Obama em dezembro, as quais levaram Japão, Coreia do Sul, Índia e outros países a cortar importações de petróleo iraniano.

Estados Unidos, União Europeia e outras nações ocidentais tentam conter a suposta busca iraniana por armas nucleares. A República Islâmica, contudo, alega que seu programa nuclear tem fins pacíficos.

O Senado aprovou a lei por unanimidade, enquanto na Câmara, o pacote passou por 421 votos a 6.

A legislação foi endossada pelo Comitê de Assuntos Públicos Americano-Israelense, um poderoso grupo lobista pró-Israel.

(Reportagem adicional de Samson Reiny e Donna Smith)

Tudo o que sabemos sobre:
EUACAMARAIRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.