Congresso dos EUA aprova orçamento e o envia para Obama

Pacote de US$ 410 bilhões irá financiar grande parte do governo norte-americano até o fim de setembro

Jeremy Pelofsky, Reuters

10 de março de 2009 | 21h14

O Congresso dos Estados Unidos, controlado por democratas, aprovou na terça-feira, 10, um pacote de US$ 410 bilhões para financiar grande parte do governo norte-americano até o dia 30 de setembro. O projeto foi enviado ao presidente Barack Obama, apesar das discordâncias de republicamos com relação ao seu valor. Depois de uma dura batalha, decidida em votação oral, o Senado aprovou o projeto que financia os departamentos de transporte, agricultura e outros. "Ele (o projeto) toma conta dessas agências do governo que foram tão mal financiadas durante os anos Bush", disse o líder da maioria no Senado, Harry Reid, numa referência ao antecessor de Obama, George W. Bush. Muitos republicanos foram contra o projeto, pois ele eleva os gastos governamentais 8 por cento acima dos níveis do ano fiscal de 2008. Eles argumentam que o projeto dá mais dinheiro para programas já financiados pelo pacote de estímulo econômico de 787 bilhões de dólares aprovado no mês passado. "O projeto custa caro demais para um governo que deveria estar observando cada centavo", disse o líder republicano Mitch McConnell, que classificou o projeto de "oportunidade perdida" de conter os gastos em meio a uma profunda recessão. (Com Susan Cornwell)

Tudo o que sabemos sobre:
Estados UnidosObamaSenadoorçamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.