Consulado chinês em São Francisco sofre ataque

Autoridades locais acreditam que se trate de uma manifestção da comunidade tibetana da cidade

Efe

20 de março de 2008 | 18h54

O consulado chinês em São Francisco foi atacado nesta quinta-feira, 20, por vários indivíduos que lançaram material explosivo contra o edifício, informaram as autoridades da cidade californiana.   Veja também: China admite que protestos se espalharam para fora do Tibete Papa pede diálogo e tolerância para a crise China diz que enfrenta 'luta de vida ou morte' Protestos se espalham na China Entenda os protestos no Tibete    O incidente aconteceu às 4 horas da manhã em horário local (8 horas em horário de Brasília) e não houve feridos nem danos materiais de grande importância, disse a polícia, que recebeu uma chamada de vizinhos.   Até o momento não houve prisões e a polícia segue investigando o ocorrido. Acredita-se que o ataque aconteceu em protesto à situação do Tibete.   A tensão entre as comunidades tibetanas e chinesas em São Francisco se agravou nas últimas semanas após anúncio de que a cidade será a única cidade norte-americana por onde passará a tocha dos jogos olímpicos de Pequim.   A tocha chegará à São Francisco no próximo dia 9 de abril e a comunidade tibetana pediu aos responsáveis da cidade que cancelem o evento.   Gavin Newsom, prefeito de São Francisco, disse à imprensa local que está "muito preocupado" com a situação do Tibete, mas acrescentou que considera "um privilégio" que a cidade seja a única parada da tocha olímpica nos Estados Unidos.   As autoridades já contam com diversas manifestações durante o evento e planejam planejar áreas específicas para os manifestantes contra o governo chinês.

Tudo o que sabemos sobre:
TibeteChinaSão Francisco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.