Criadores de 'South Park' poderiam ser alvos do atentado em Times Square

Responsáveis pela animação receberam ameaças após episódio considerado ofensivo ao Islã

estadão.com.br

03 de maio de 2010 | 11h24

NOVA YORK - A Polícia de Nova York estuda as possibilidades de que a tentativa de atentado com carro-bomba em Times Square no sábado poderia ter como alvo a Viacom, companhia que produz a série animada South Park, informa o jornal espanhol El País.

 

Veja também:

linkObama promete deter responsáveis

linkPolícia divulga imagens do suspeito

 

Segundo o chefe da Polícia da cidade, Raymond Nelly, a sede da Viacom fica perto do local onde o veículo carregado de explosivos foi colocado. O policial disse que todas as hipóteses estão sendo consideradas para investigar o caso, no qual não houve vítimas após a bomba ser desativada.

 

Em abril, os criadores de South Park receberam ameaças por meio do site "Revolução Muçulmana" depois de transmitir um episódio no qual o profeta Maomé aparece fantasiado de urso. "Temos que advertir Matt Stone e Trey Parker de que estão fazendo algo estúpido e que provavelmente terminarão como Theo Van Gogh", informava o portal. O último nome citado na mensagem foi assassinado por um militante islâmico em 2004.

 

"Isso não é uma ameaça. É só uma advertência do que provavelmente pode acontecer", dizia o site, ilustrando o "aviso" com uma fotografia do cineasta holandês. Van Gogh foi morto após produzir um filme sobre a violência contra as mulheres no mundo muçulmano.

 

A Polícia de Nova York recentemente divulgou imagens de um homem que está sendo procurado por suspeita de envolvimento na tentativa de atentado. O episódio ocorreu na noite do sábado em Times Square, um dos locais mais movimentados da metrópole americana. O esquadrão antibombas foi acionado e o dispositivo foi desativado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.