Criança é atacada por puma em parque no Canadá

Uma criança de 18 meses se recuperava num hospital de Vancouver nesta terça-feira depois de ser atacada por um puma num parque nacional da Costa Oeste do Canadá, afirmou uma porta-voz do parque.

REUTERS

30 de agosto de 2011 | 21h14

Membros da família conseguiram assustar o grande gato, que atacou a criança na noite de segunda-feira enquanto a família caminhava em direção ao carro numa área de piquenique, no Pacific Rim National Park Reserve, em Vancouver.

"A família fez tudo certo. Fez contato visual com o puma e muito barulho", disse a porta-voz Arlene Armstrong, que não revelou o sexo da criança, nem a extensão dos ferimentos dela.

Os grandes gatos selvagens são nativos da região costeira e reservados por natureza. Raramente atacam seres humanos e houve apenas alguns ataques fatais de pumas na província de Columbia Britânica nos últimos 100 anos.

Guardas florestais do parque tentavam rastrear o puma, que será morto quando confirmado que se trata do animal envolvido no incidente, disse Arlene.

Mais cedo neste mês, o Pacific Rim advertiu em sua página na Internet sobre o aumento da atividade de lobos e pumas em algumas regiões do parque, que fica ao longo da costa do Pacífico. A área onde a criança foi atacada permanece fechada ao público.

(Reportagem de Nicole Mordant)

Tudo o que sabemos sobre:
CANADAPUMAATAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.