Crise no Japão levanta questões sobre energia nuclear--Hillary

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, disse nesta quarta-feira que a crise nuclear no Japão suscita questões sobre o uso da energia nuclear nos Estados Unidos.

REUTERS

16 de março de 2011 | 15h04

"O que está acontecendo no Japão levanta questões sobre os custos e os riscos associados à energia nuclear, mas temos que responder a isso", afirmou Hillary em entrevista à MSNBC.

"Atualmente nós obtemos 20 por cento de nossa energia nos Estados Unidos da energia nuclear", acrescentou ela, enfatizando a necessidade de uma política energética abrangente nos EUA.

O Japão enfrenta uma crise nuclear depois que um terremoto devastador seguido de tsunami, na sexta-feira, danificou funções de refrigeração da usina de Fukushima. Houve explosões e nas últimas horas a usina emitiu níveis baixos de radiação, causando medo no país.

(Reportagem de David Morgan)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAJAPAOHILLARY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.