Decisão de renúncia de Hagel foi tomada junto com Obama, diz Casa Branca

A Casa Branca informou que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o secretário de Defesa, Chuck Hagel, "chegaram juntos" à decisão para que Hagel deixasse o cargo, mas afirmou que Hagel teve "um histórico bastante forte" durante seu período à frente do Pentágono.

REUTERS

24 de novembro de 2014 | 17h48

"A decisão que foi anunciada hoje é resultado de conversas que o presidente e o secretário têm tido por mais de um mês agora. E no contexto dessas conversas, os dois chegaram juntos à conclusão de que uma nova liderança deve assumir o Pentágono... pelos dois últimos anos do mandato do presidente", disse o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest.

"Eu lhes direi que o secretário Hagel sai com um forte histórico no Departamento de Defesa", acrescentou.

Hagel pediu demissão nesta segunda-feira, a primeira grande alteração no gabinete de Obama desde a dura derrota sofrida pelos democratas nas eleições legislativas de três semanas atrás.

(Reportagem de Will Dunham)

Mais conteúdo sobre:
EUAHAGELACORDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.