Democratas dos EUA fazem breve trégua na disputa presidencial

Hillary Clinton,Barack Obama e os outros pré-candidatos democratas àPresidência dos Estados Unidos deram uma breve trégua nestaquinta-feira durante um educado debate em Iowa, com foco naeconomia. Esse foi o último debate antes da convenção partidária deIowa, que abre dentro de três semanas a corrida presidencialnos EUA. Clinton e Obama, que lideram as pesquisas, propuseram umasuspensão temporária da acalorada batalha que travam em tornodas respectivas qualificações para a Casa Branca. A maioria dos pré-candidatos democratas defendeu o fim daguerra do Iraque e das isenções fiscais para os ricos comoformas de começar a equilibrar o orçamento. Nas últimas pesquisas, Hillary viu diminuir sua vantagemsubstancial em relação a Obama. Obama disse que obter o equilíbrio do orçamento levariatalvez os dois primeiros anos de seu mandato. "As pessoas estãotrabalhando mais por menos e estão vendo o custo de tudo subir,de educação superior a saúde e à gasolina na bomba", afirmou. A ascensão de Obama nas últimas pesquisas fez com que ele eHillary elevassem o tom da campanha, enquanto o ex-senador JohnEdwards, em terceiro, procura não se envolver nos ataques.

JOHN WHITESIDES, REUTERS

13 de dezembro de 2007 | 19h26

Tudo o que sabemos sobre:
EUADEMOCRATASTRÉGUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.