Democratas nos EUA buscam US$94,2 bi; US$2 bi para gripe

Democratas na Câmara dos Deputados dos EUA tentarão aprovar nas próximas semanas 94,2 bilhões de dólares em fundos de emergência para as guerras do Iraque e do Afeganistão e para outros programas, incluindo 2 bilhões de dólares para preparar o país para uma pandemia de gripe.

REUTERS

04 de maio de 2009 | 17h32

O presidente da Comissão do Orçamento da Câmara dos Deputados, David Obey, detalhando o projeto a jornalistas, disse também que a lei deve incluir 2,2 bilhões de dólares para financiar alguns aviões C-17 para o Pentágono. Mas ela não fará referência à futura aquisição de uma avião de reabastecimento pretendido pela Força Aérea.

Obey disse que uma verba de 80 bilhões de dólares para fechar a prisão de Guantánamo, em Cuba, não seria incluída na lei porque o governo não forneceu detalhes sobre como a medida seria executada.

No mês passado, o presidente dos EUA, Barack Obama, pediu ao Congresso 83,4 bilhões de dólares a mais para financiar as guerras do Iraque e do Afeganistão. Ele espera usar o dinheiro para começar a diminuir as operações de combate no Iraque enquanto aumenta as tropas no Afeganistão, onde a Al Qaeda e o Taliban estão ganhando força.

O Pentágono quer que o Congresso aprove a verba imediatamente, antes do recesso legislativo marcado para começar no final de maio.

(Reportagem de Jeremy Pelofsky)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAFUNDOSEMERGENCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.