Jeff Haynes/Reuters
Jeff Haynes/Reuters

Deputada conservadora lança candidatura à Casa Branca em 2012

Em discurso na cidade natal, deputada republicana criticou política econômica de Barack Obama

STEVE HOLLAND, REUTERS

27 de junho de 2011 | 20h37

WATERLOO, EUA - A deputada Michele Bachmann, estrela ascendente do movimento conservador norte-americano Tea Party, lançou nesta segunda-feira, 27, sua intenção de se candidatar a presidente em 2012, dizendo que o país não tem como suportar mais quatro anos com a economia sob o comando do democrata Barack Obama.

 

"Não se enganem, Barack Obama será um presidente de um só mandato", disse a deputada republicana por Minnesota, de 55 anos, que tenta se apresentar como uma alternativa conservadora ao nome de Mitt Romney, favorito para encabeçar a chapa republicana.

 

O discurso em que ela fez o anúncio, ao som de rock e do ruído do tráfego em uma rodovia próxima, foi cheio de ataques a Obama, de lembranças da sua infância em Iowa e da sua sólida devoção aos princípios conservadores de poucos impostos e poucos gastos públicos.

 

Para alegria dela, no sábado o jornal Des Moines Register publicou uma pesquisa dando-lhe 22 por cento de apoio do eleitorado republicano em Iowa, apenas um ponto percentual abaixo de Romney.

O Estado natal dela, no meio-oeste, será o primeiro a se manifestar na escolha do candidato republicano, em um "caucus" (assembleia de eleitores) no começo de 2012.

Tudo o que sabemos sobre:
EUABACHMANCANDIDATA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.