Dez se declaram culpados de serem espiões russos nos EUA

Dez pessoas se declararam culpadas nesta quinta-feira de participarem de uma rede russa de espionagem nos Estados Unidos. A declaração de culpa faz parte de um eventual acordo para a troca de prisioneiros entre Moscou e Washington.

BASIL KATZ, REUTERS

08 de julho de 2010 | 17h43

Os russos são suspeitos de terem se radicado nos Estados Unidos para se infiltrarem em órgãos públicos. Eles foram detidos no mês passado, em várias cidades do país, sob acusação de serem agentes estrangeiros ilegais e de lavagem de dinheiro.

Após anos de atritos, Estados Unidos e Rússia vivem um momento de reaproximação, e não desejam que o incidente, reminiscente de casos da Guerra Fria, provoque um novo afastamento.

Tudo o que sabemos sobre:
EUARUSSIAESPIOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.