Disputa acirrada em Iowa inicia corrida presidencial

Os eleitores de Iowa dãoinício na quinta-feira ao processo de escolha do próximopresidente dos EUA com duas disputas apertadas pelas vagas decandidato dos partidos Republicano e Democrata. Uma nova pesquisa mostrou que Barack Obama liderava sobreJohn Edwards entre os democratas --enquanto Hillary Clintoncaía para um terceiro lugar potencialmente desastroso. Já entre os republicanos, uma pesquisa Reuters/C-Span/Zogbymostrou que Mike Huckabee aumentava sua vantagem sobre o rivalMitt Romney à medida que se aproximavam o caucus mais disputadoda história de Iowa. No entanto, as pesquisas realizadas no Estado sãocomplicadas já que menos de 250 mil dos quase 3 milhões demoradores dele devem votar. Outras pesquisas mostram as duas corridas ainda maisapertadas nos momentos finais antes de Iowa dar início àcorrida realizada Estado a Estado a fim de escolher o sucessorde George W. Bush na Presidência --processo esse que atinge seuclímax com a eleição presidencial de 8 de novembro. A votação entre os democratas começa às 22h30 CST (horáriode Brasília). Os republicanos iniciam sua votação 30 minutosmais tarde. Os resultados podem começar a surgir uma ou duashoras depois. Os candidatos voltaram às ruas na quinta-feira, para maisalguns comícios antes das votações da noite, tentando levar suamensagem aos eleitores indecisos e lançando um gigantescoesforço para garantir o comparecimento às urnas. "Provaremos que nossa campanha em favor da classe média econtra a ganância corporativa nos EUA não pode ser detida",afirmou Edwards, ex-advogado e senador pela Carolina do Norte,em um comício feito para operários do setor do aço evoluntários de campanha. Para o vencedor em Iowa, o prêmio vem na forma de renovaçãode energia e a posição, ainda que temporária, de líder nacorrida pela vaga de candidato por seu partido. O terceiro colocado na acirrada disputa entre osdemocratas, de outro lado, poderia ver-se bastante prejudicadona próxima disputa, marcada para terça-feira, no Estado de NewHampshire. A última pesquisa Reuters/C-Span/Zogby mostrou Obama, quetenta se tornar o primeiro presidente negro dos EUA, com umavantagem de quatro pontos percentuais sobre Edwards, com 31 porcento contra 27 --essa vantagem não é significativa do ponto devista estatístico. Hillary, a ex-primeira-dama do país que, se eleita, setornará a primeira presidente do sexo feminino, caiu para oterceiro lugar, com 24 por cento das intenções de voto. Apesquisa possui uma margem de erro de 3,3 pontos percentuaispara cima ou para baixo. Para Hillary, que meses atrás era considerada em algunssetores a candidata democrata natural, ficar em terceiro lugarno Estado de Iowa aumentaria em muito as pressões para que sesaísse melhor em New Hampshire, na próxima terça-feira. Huckabee, ex-governador de Arkansas cuja campanha de poucosrecursos tem ganhado cada vez mais força nas últimas seissemanas, consolidou sua vantagem sobre Romney na corridarepublicana, ficando com 31 por cento das intenções de votoscontra os 25 por do adversário. (Reportagem adicional de Matt Bigg, Andy Sullivan e EdStoddard)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.