Dois aviões colidem e caem em pântano da Flórida

As autoridades estão tentando determinar quantos passageiros estavam no segundo avião

AE-AP,

09 de dezembro de 2007 | 02h58

Dois aviões pequenos colidiram neste sábado, 8, sobre o Parque Nacional Everglades, a 23 quilômetros ao noroeste de Pompano Beach, no sudeste da Flórida. Segundo autoridades locais, não há sobreviventes.   Um avião Piper e outra aeronave, que acredita-se ser um Cessna, bateram por volta das 15 horas (horário local), disse a porta-voz da Administração de Aviação Federal, Kathleen Bergen.   As autoridades acreditam que havia uma pessoa a bordo do Piper e ainda estão tentando determinar quantos passageiros estavam no segundo avião.   Segundo o capitão do Corpo de Bombeiros do município de Palm Beach, Don DeLucia, a área onde os aviões caíram é acessível somente por barco e os destroços afundaram rapidamente.   "Não há sobreviventes", disse DeLucia, apesar de nenhum corpo ter sido encontrado. "Eles estão na água, embaixo da água", completou. "Nós não temos idéia de quantas vítimas existem. Podem ser duas ou mais."

Tudo o que sabemos sobre:
acidentecolisão de aviãopassageiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.