AP
AP

Dois bombeiros morrem no incêndio florestal em Los Angeles

Fogo já destruiu 18 casas na região e se aproximada de observatório de 105 anos e de repetidoras de TV

Efe,

31 de agosto de 2009 | 02h11

Dois bombeiros que enfrentavam o incêndio incontrolável sofrido pelo parque natural Angeles National Forest, no norte do condado de Los Angeles (Califórnia), morreram em um acidente, informaram nesta segunda-feira, 31, as autoridades locais.

 

O acidente aconteceu perto do monte Gleason no domingo à tarde, e embora não tenham sido divulgados dados sobre o ocorrido, as imagens de televisão do canal local KCAL mostraram um caminhão acidentado.

O chefe dos bombeiros do condado, Mike Bryant, disse que o acidente ocorreu durante um período muito intenso de luta contra o fogo na frente norte do fogo, perto de Acton.

 

No encontro com os meios de imprensa, as autoridades disseram também que pelo menos 18 casas tinham sido destruídas pelo fogo nessa região, e advertiram que o número crescerá nas próximas horas.

Segundo as autoridades, as chamas se aproximam do observatório da região - de 105 anos de idade - e dos repetidores de televisão que levam sinal ao condado de Los Angeles, localizadas sobre o monte Wilson.

 

Até agora o fogo arrasou mais de 17 mil hectares do parque natural. As autoridades informaram que as chamas estão controladas em 5% e que o principal foco está sobre o monte Wilson.

Tudo o que sabemos sobre:
incêndioLos Angeles

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.