Donald Trump deixa o Partido Republicano dos EUA

O empresário, celebridade e apresentador de reality show da TV americana, Donald Trump deixou o Partido Republicano, mudando seu título eleitoral de republicano para independente no seu estado natal de Nova Iorque.

WILL DUNHAM, REUTERS

24 de dezembro de 2011 | 11h09

A mudança poderá facilitar a existência de um potencial terceiro partido na corrida eleitoral de 2012, de acordo com relatos da mídia dos EUA na sexta-feira.

A mudança foi divulgada 10 dias depois que o magnata de setor imobiliário anunciou que não ia moderar o debate entre os candidatos à presidência do Partido Republicano, justamente para poder proteger uma possível candidatura na corrida eleitoral pela Casa Branca, como independente.

"O senhor Trump vem dizendo há quase um ano que se ele não estiver satisfeito com o escolhido para ser o candidato dos republicanos, ele pode optar por concorrer como candidato independente," disse o porta-voz de Trump, Michael Cohen, de acordo com o jornal Los Angeles Times.

"Essa mudança de filiação partidária certamente preserva o seu direito de fazer isso, depois da final de 'O Aprendiz' em maio."

"O Aprendiz" é o reality show que Donald Trump apresenta na rede de TV NBC. A eleição presidencial acontecerá em novembro de 2012.

Este ano Trump pensou na possibilidade de concorrer à presidência dos EUA pelo Partido Republicano em 2012, e foi ridicularizado por ter tentado fazer crer que o presidente Barack Obama, que busca a reeleição, poderia não ter nascido nos Estados Unidos.

Trump nunca preparou efetivamente uma campanha e seus críticos sugerem que tudo se trata de autopromoção.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAELEICOESTRUMP*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.