'Doutor Morte' anuncia candidatura ao Congresso dos EUA

Legista Jack Kevorkian cumpriu pena por ter auxilidao na morte de pelo menos 130 "doentes incuráveis"

Agência Estado e Associated Press,

24 de março de 2008 | 13h23

Um médico que auxiliou várias pessoas a morrer anunciou sua candidatura ao Congresso dos Estados Unidos, como independente. Jack Kevorkian, de 79 anos, concorrerá com o republicano Koe Knollengerg por uma cadeira para representar os subúrbios de Detroit. Kevorkian reconheceu anteriormente ter ajudado pelo menos 130 pessoas a morrer entre 1990 e 1998. Ele já foi considerado culpado de homicídio qualificado e passou oito anos na prisão, sendo liberado por bom comportamento. Médico patologista, Kevorkian se comprometeu a não ajudar outras pessoas a morrer. Apelidado de 'Doutor Morte', Kevorkian afirmava apenas auxiliar doentes incuráveis a morrer com dignidade.

Tudo o que sabemos sobre:
doutor morteJack Kevorkianeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.