Em homenagem a vítimas, Obama promete esforço contra violência nos EUA

O presidente dos EUA, Barack Obama, falando numa cerimônia em homenagem às vítimas do massacre em uma escola infantil de Connecticut, disse no domingo que os Estados Unidos não estão fazendo o bastante para proteger suas crianças e prometeu lançar uma campanha na próxima semana para reduzir a violência no país.

Reuters

17 de dezembro de 2012 | 07h45

"Não podemos mais tolerar isso. Essas tragédias precisam acabar. E para acabar com isso nós precisamos mudar", disse Obama.

"Qual escolha nos temos? Não podemos aceitar acontecimentos como este como uma rotina", acrescentou.

Pessoas que acompanhavam a cerimônia choraram quando Obama leu o nome das 20 crianças e seis adultos que foram mortos na escola Sandy Hook na sexta-feira.

(Reportagem de Jeff Mason em Connecticut e Mark Felsenthal em Washington)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMAHOMENAGEM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.