Em meio a crise financeira, NY dá posse a novo governador

O novo governador de Nova York, DavidPaterson, tomou posse na segunda-feira e encontrou um orçamentoestadual ruim, agravado pelas perturbações na economianorte-americana. Ele substitui Eliot Spitzer, que renunciou na semanapassada por causa da revelação de que era cliente de uma redede prostituição. Paterson, que até então era vice-governador, enfrenta umdéficit de até 5 bilhões de dólares no orçamento do Estado,cuja arrecadação depende diretamente do desempenho do setorfinanceiro. No domingo, o JPMorgan Chase ofereceu a ninharia de 2dólares por ação do rival Bear Stearns, abatido pela crisefinanceira nos EUA, enquanto o Federal Reserve (Banco Central)ampliou o crédito a firmas de investimento pela primeira vezdesde a Grande Depressão. Em seu discurso, ele afirmou que a economia "parece estarse encaminhando para uma crise" e prometeu "ajustar o nossoorçamento de acordo com isso". "Precisamos combater o obstáculoda dúvida e da incerteza, e vamos superá-lo", acrescentou. Paterson, de 53 anos, nascido no Brooklyn e habitante doHarlem, é o primeiro negro a governar Nova York. Legalmente, étratado como cego -- tem visão limitada num olho e nula nooutro. O orçamento do Estado de Nova York é de 124 bilhões dedólares. No começo deste ano, Spitzer previra que o déficitsubirá para 8,8 bilhões de dólares até o ano fiscal de 2012. O novo governador tem até 1o de abril para apresentar umaproposta que leve à redução do déficit, seja por meio dacontração de dívidas, do aumento da arrecadação tributária oudo corte de gastos públicos. "A situação que todos estão testemunhando na economianacional, em Wall Street e nos mercados financeiros pode ter umgrande impacto sobre a arrecadação estadual daqui para frente",disse o tesoureiro do Estado, Thomas DiNapoli, à TV local NY1. Em entrevista coletiva na semana passada, Paterson disseque os bancos de investimentos de Wall Street estão "sob cerco"e o mercado de ações está instável e que estamos "olhando parauma recessão".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.