Enviado dos EUA diz ter boa relação com presidente afegão

O enviado dos Estados Unidos para o Paquistão e o Afeganistão, Richard Holbrooke, disse nesta sexta-feira respeitar o presidente afegão, Hamid Karzai, e espera trabalhar com o ele caso Karzai seja reeleito no segundo turno das eleições, em novembro.

REUTERS

23 de outubro de 2009 | 17h18

Respondendo à uma pergunta sobre possíveis tensões em sua relação com Karzai, Holbrooke afirmou que suas relações com o presidente afegão são "boas".

"As relações são corretas. Elas são apropriadas. Converso com ele em nome do meu governo e ele fala como presidente do país. Respeito-o e se ele for reeleito como presidente em 7 de novembro, todos esperamos trabalhar lado-a-lado com ele", afirmou.

(Reportagem de Andrew Quinn)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAKARZAIHOLBROOKE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.