Equipe busca sobreviventes de choque de aviões nos EUA

Destroços foram localizados a oito quilômetros de Long Beach, na Califórnia; colisão ocorreu em alto-mar

AP,

19 de maio de 2009 | 09h27

A Guarda Costeira norte-americana procura nesta terça-feira, 19, por sobreviventes nos destroços de dois pequenos aviões que colidiram no ar a poucos quilômetros do litoral de Long Beach, no sul da Califórnia, na segunda-feira, 18.

 

O integrante da Guarda Stephanie Young disse que a operação se concentra na área onde foram encontrados dois pedaços dos aviões, a cerca de oito quilômetros ao sul do píer de Long Beach, onde está atracada a conhecida embarcação Queen Mary.

 

O porta-voz da Agência Federal de Aviação, Ian Gregor, afirmou que um piloto avisou ter visto a colisão por volta das 17h45 de segunda-feira (19h45 de Brasília). Gregor informou que um dos aviões era um Cessana 172 que havia decolado de Long Beach. Não há dados a respeito do outro e nem do número de passageiros e tripulação.

 

A Guarda Costeira utiliza dois barcos e um helicóptero HH-65C Dolphin nas buscas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.