Guillermo Arias/ AFP
Guillermo Arias/ AFP

Estados Unidos prendem membro de milícia que detém imigrantes

Larry Mitchell Hopkins faz parte do grupo de direita United Constitutional Patriots e atuava no Novo México

AFP, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2019 | 02h38

O FBI prendeu um membro do United Constitutional Patriots, milícia de direita acusada de deter ilegalmente imigrantes que tentam cruzar a fronteira do México

Larry Mitchell Hopkins, de 70 anos, foi preso no sábado, 20, por posse ilegal de arma. Também são atribuídas a ele detenções de imigrantes na região de Sunland Park, no Novo México

O procurador-geral do Estado do Novo México descreveu Hopkins como um "delinquente perigoso que não deveria portar armas perto de crianças e famílias". Além disso, ele afirmou que a força da lei deve estar nas mãos de autoridades treinadas, e não de vigilantes armados. 

Pouco antes do anúncio do FBI, o governo mexicano rechaçou a existência de milícias anti-imigrantes no Novo México. 

A chancelaria mexicana expressou por meio de nota sua "profunda preocupação diante das atividades de intimidação e extorsão a imigrantes por parte das milícias".

"Este tipo de prática pode conduzir a um atropelo aos direitos humanos."

Centenas de milhares de imigrantes, principalmente centro-americanos, ingressam no México anualmente por meio da fronteira sul para chegar aos Estados Unidos, ou se aventuram clandestinamente no deserto, que é considerado uma área perigosa. 

O presidente Donald Trump considera os imigrantes uma ameaça à segurança nacional e propõe cercar a fronteira com um grande muro

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.