Estudante do Arizona é encontrada após 9 dias sob a neve

Uma universitária presa pela neve pesada em seu carro por nove dias em uma estrada árida do Estado norte-americano do Arizona foi resgatada viva após passar o tempo comendo doces e bebendo neve derretida, disseram autoridades nesta quinta-feira.

REUTERS

22 de dezembro de 2011 | 19h07

Lauren Weinberg, de 23 anos, estudante da Universidade Estadual do Arizona, foi encontrada na quarta-feira por dois funcionários do Serviço Florestal dos Estados Unidos que patrulhavam a área em trenós, afirmou o tenente Jim Coffey, xerife do condado de Coconino.

Weinberg, localizada a 75 quilômetros da cidade de Winslow, no norte do Arizona, foi considerada desaparecida depois que foi vista pela última vez no Phoenix em 11 de dezembro, informou o departamento policial.

Weinberg dirigia seu carro em 12 de dezembro sem um destino específico quando o veículo ficou preso em cerca de 46 centímetros de neve, disse Coffey.

Ela foi levada para o Centro Médico Flagstaff para se certificar de que não sofria de queimaduras e desidratação, antes de ser liberada.

"Sou muito grata por estar viva e aquecida", disse Weinberg em comunicado divulgado pelo hospital.

"Obrigada a todos pelos pensamentos e orações, porque funcionaram. Em alguns momentos fiquei com medo, mas sobretudo tive fé de que seria encontrada."

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAARIZONAESTUDANTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.