EUA acreditam ter matado várias centenas de militantes em cidade síria

Militares norte-americanos acreditam que mataram várias centenas de combatentes do Estado Islâmico em ataques aéreos na cidade síria de Kobani e em torno dela, disse um porta-voz do Pentágono nesta quarta-feira.

REUTERS

15 de outubro de 2014 | 16h31

Um aumento do número de ataques aéreos ao redor da cidade realizados pela coalizão liderada pelos Estados Unidos nos últimos dias pode ser parcialmente atribuído a um aumento da atividade militante na região, mas, apesar dos ataques, a cidade ainda pode cair nas mãos dos combatentes do Estado Islâmico, afirmou o contra-almirante John Kirby em uma entrevista coletiva em Washington.

(Reportagem de David Alexander)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAMILITANTESMORTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.