EUA acusam Rússia de violar tratado nuclear e pedem diálogo imediato

Em outro sinal de deterioração nas relações entre os Estados Unidos e a Rússia, o governo norte-americano afirmou nesta segunda-feira que Moscou violou o Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário e pediram um diálogo bilateral imediato sobre a questão.

REUTERS

28 de julho de 2014 | 21h30

"Este é um assunto muito sério que temos tentado resolver com a Rússia já há algum tempo", disse um funcionário do governo em um comunicado.

"Os Estados Unidos vão, é claro, consultar aliados sobre este assunto para levar em conta o impacto desta violação russa na nossa segurança coletiva, se a Rússia não voltar ao seu compromisso", disse a autoridade.

(Reportagem de Roberta Rampton)

Tudo o que sabemos sobre:
EUARUSSIANUCLEAR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.