Franklyn Reyes/AP
Franklyn Reyes/AP

EUA aliviam restrições a importações privadas de Cuba

Washington diminuiu drasticamente as restrições às importações de bens e serviços de empresários cubanos privados como parte da reaproximação com Havana

O Estado de S. Paulo

13 de fevereiro de 2015 | 17h13

WASHINGTON - Os Estados Unidos diminuíram drasticamente nesta sexta-feira, 13, as restrições às importações de bens e serviços de empresários cubanos privados como parte da reaproximação com Havana depois de mais de meio século de inimizade.

O Departamento de Estado americano afirmou que a importação de tais produtos e serviços agora era permitido, exceto em determinadas categorias mais amplas, que incluem armas, animais vivos, fumo, veículos, produtos minerais, máquinas e alguns produtos têxteis e de metais básicos. / REUTERS 

Tudo o que sabemos sobre:
EUACuba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.