EUA ampliam esforço para localizar combatentes estrangeiros na Síria

Os Estados Unidos estão realizando “esforços intensificados” para localizar combatentes estrangeiros na Síria que podem estar planejando ataques em território norte-americano, disse uma autoridade de alto escalão dos EUA nesta terça-feira.

REUTERS

30 de setembro de 2014 | 20h14

O secretário de Segurança Nacional, Jeh Johnson, afirmou em visita ao Canadá que cerca de 12 mil pessoas de todo o mundo foram à Síria nos últimos três anos para lutar na guerra civil e se unir a grupos militantes como o Estado Islâmico.

Os EUA iniciaram ataques aéreos e com mísseis contra bastiões da facção na Síria na semana passada. O Canadá está analisando se contribui para a campanha com o envio de caças.

“Nosso governo está conduzindo esforços intensificados e concertados para localizar combatentes estrangeiros que vêm de, ou tentam entrar, em nosso país”, declarou Johnson em um discurso a uma plateia de empresários em Ottawa.

“Estamos preocupados que estes combatentes estrangeiros possam não só estar se juntando ao Estado Islâmico ou outros grupos extremistas na Síria, mas também estar sendo recrutados por estes grupos para partir da Síria e realizar atentados no exterior”, afirmou Johnson.

Ele disse que o FBI prendeu uma série de pessoas que tentavam viajar dos EUA para a Síria. Na semana passada, o chefe do FBI declarou ter conhecimento de que cerca de uma dúzia de norte-americanos estão combatendo com os militantes em território sírio, e que alguns já voltaram aos Estados Unidos.

“A boa notícia para nosso país e o de vocês, creio, é que ao longo dos últimos 13 anos aprimoramos imensamente nossa capacidade e detectamos tramas terroristas no exterior antes que atingissem nossas pátrias”, disse Johnson. “A má notícia é que continuamos a enfrentar inimigos terroristas reais e ameaças terroristas reais”.

(Por David Ljunggren)

Mais conteúdo sobre:
EUAESFORCOCOMBATENTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.