EUA ampliam sanções econômicas contra Rússia por crise na Ucrânia

O presidente norte-americano, Barack Obama, disse nesta terça-feira que os Estados Unidos ampliaram as sanções contra a Rússia por seu apoio aos rebeldes no leste da Ucrânia.

REUTERS

29 de julho de 2014 | 17h13

Obama disse que as sanções têm como objetivo os setores de energia, defesa e financeiro da economia russa.

"Se a Rússia continuar neste caminho atual, os custos sobre a Rússia continuarão a crescer", disse Obama.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMARUSSIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.