EUA confirmam mais 1 morte por esteroide associado a meningite

Outra pessoa morreu em decorrência de um raro surto de meningite causada por fungos possivelmente relacionado ao recebimento de injeções de um esteroide, elevando o número de vítimas fatais para 15, afirmou neste sábado o Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos Estados Unidos.

Reuters

13 de outubro de 2012 | 16h17

A última vítima fatal foi registrada em Indiana, que agora registra duas mortes pelo raro tipo de meningite. O número de pessoas abrangidas pelo surto chegou a 197 neste sábado, com alta de 13 casos em relação à véspera.

Além disso, há um caso de possível infecção depois de uma injeção em um tornozelo, e que não foi confirmado até agora como meningite, acrescentou o Centro de Prevenção e Controle de Doenças norte-americano.

O esteroide é usado como analgésico, geralmente para as costas. A meningite é uma infecção das membranas que recobrem o cérebro e a coluna vertebral, e os pacientes começaram a apresentar sintomas entre uma e quatro semanas depois das aplicações.

(Reportagem de Greg McCune)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAMENINGITE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.