EUA darão U$ 527 milhões ao México na luta contra o narcotráfico

Os Estados Unidos disseram na terça-feira que vão dar no ano que vem cerca de 527 milhões de dólares ao México em equipamentos e treinamento de policiais como parte de um programa de ajuda para combater os violentos cartéis do narcotráfico.

REUTERS

15 de dezembro de 2009 | 17h47

A embaixada dos EUA no México entregou nesta terça-feira cinco helicópteros Bell, num valor de 66 milhões de dólares, na última transferência de equipamentos programada para este ano.

A chamada Iniciativa Mérida é um programa de ajuda ao México firmado em 2007 pelo presidente Felipe Calderón e o ex-presidente George W. Bush.

O governo mexicano diz que o país carece de recursos para enfrentar os cartéis, muitas vezes melhor armados que a própria polícia e o exército.

Para 2010 Washington pretende enviar ao México três helicópteros UH-60, no valor de 77 milhões de dólares, e quatro caças no valor de 50 milhões de dólares, segundo informações da embaixada.

A falta de helicópteros com visão noturna impediu as forças de segurança mexicanas de prender em 2007 Joaquín "el Chapo" Guzmán, narcotraficante mais procurado do país.

(Reportagem de Anahí Rama)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAMEXICONARCOTRAFICO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.