EUA: não há evidência de que Paquistão sabia sobre Bin Laden

Importantes autoridades de defesa dos Estados Unidos disseram na quarta-feira que não tinham evidências de que líderes paquistaneses soubessem que o líder da Al Qaeda, Osama bin Laden, estava no Paquistão, e que informações apontam o contrário.

REUTERS

18 de maio de 2011 | 15h37

"Não vi evidência desde o ataque a Bin Laden que indique que a liderança sabia que Bin Laden estava lá", disse aos repórteres o chefe do Estado Maior Conjunto, o almirante Mike Mullen.

O secretário de Defesa, Robert Gates, afirmou que na realidade tinha evidências do contrário.

(Reportagem de Tabassum Zakaria e David Alexander)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAPAQUISTAONAOSABIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.