EUA oferecem ajuda ao Canadá após tiroteio em Ottawa

Os Estados Unidos ofereceram ajuda ao Canadá nesta quarta-feira após o tiroteio no prédio do Parlamento canadense em Ottawa, informou a Casa Branca.

REUTERS

22 de outubro de 2014 | 16h19

O porta-voz Josh Earnest disse que autoridades da Casa Branca estão trabalhando para combinar um telefonema entre o presidente norte-americano, Barack Obama, e o primeiro-ministro canadense, Stephen Harper, para discutir o incidente. Ele disse que o pensamento e as orações dos norte-americanos estão com o povo canadense e enfatizou a força das relações entre Estados Unidos e Canadá.

Earnest declarou a jornalistas que autoridades dos EUA, incluindo da Casa Branca, estão em contato com autoridades canadenses para oferecer ajuda.

Ele disse que as autoridades norte-americanas não estão em posição de afirmar se o tiroteio foi um ataque terrorista.

(Reportagem de Steve Holland e Jeff Mason)

Tudo o que sabemos sobre:
CANADAEUAAJUDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.