EUA oferecem alistamento de imigrantes em troca de cidadania

Serviço militar poderá transformar pessoas com visto temporário em cidadão americano em apenas seis meses

EFE

15 de fevereiro de 2009 | 06h30

As Forças Armadas dos Estados Unidos aceitarão como recrutas imigrantes qualificados, que tenham visto temporário, e oferecerá a eles a possibilidade de se transformarem em cidadãos em apenas seis meses, afirmou a edição deste domingo, 15 do jornal The New York Times.   Em artigo na internet, o diário citou como fonte de sua informação ao tenente-general Benjamin Freakley, que lidera o recrutamento de voluntários no Exército. As Forças Armadas excederam nos últimos quatro meses suas metas de recrutamento, mas tanto o Exército como a Infantaria da Marinha precisam de um recrutamento constante quando os EUA estão em guerras prolongadas no Iraque e Afeganistão.   Os imigrantes que são residentes permanentes nos EUA, com documento popularmente conhecido como a "green card", puderam ingressar nas forças militares há muitos anos. Desde 2002, o presidente George W. Bush abriu caminho mais para que estes imigrantes adquiram cidadania mediante o serviço militar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.