EUA prendem dois por conspirar para ataque terrorista em NY

Segundo FBI, 'investigação em curso' sobre nova-iorquino levou a imigrante bósnio e cidadão americano

Associated Press e Reuters,

08 de janeiro de 2010 | 11h44

Dois homens foram presos nesta sexta-feira, 8, em Nova York acusados de planejar um ataque terrorista na cidade, segundo informou o FBI.

 

De acordo com o agente especial Richard Kolko, as prisões do imigrante bósnio Adis Medunjanin e do americano Zarein Ahmedzay foram parte de "uma investigação em curso" pelas forças antiterrorismo dos EUA sobre Najibullah Zazi, disse um porta-voz do FBI. Segundo o oficial, ainda não há acusações formais contra os detidos, mas ambos devem comparecer ao tribunal ainda nesta sexta. 

Zazi foi indiciado em setembro sob acusação de conspirar para usar armas de destruição em massa. Ex-vendedor de café de Nova York que se mudou para Colorado, Zazi é suspeito de tentar criar e detonar uma bomba na cidade de Nova York no aniversário dos ataques de 11 de setembro de 2001.

 

O advogado de Medunjanin, Robert C. Gottlieb, disse que não foi notificado oficialmente sobre a prisão de Medunjanin depois de ter alguns ferimentos de um acidente de trânsito tratados. "Por volta da 1 hora, as autoridades, tanto federais quanto estaduais, estavam recusando em confirmar que meu cliente estava sob custódia", disse o advogado.

 

Gottlieb também insiste que seu cliente não fez nada de errado. "Eles o esconderam intencionalmente de sua família e de seu advogado", disparou o defensor.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAterrorismoFBIinvestigação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.