EUA querem laços de cooperação com o Paquistão

Os Estados Unidos querem que o Paquistão conceda acesso às três mulheres de Osama bin Laden para obter mais informações sobre a rede do líder da Al Qaeda, disse o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, na segunda-feira.

REUTERS

09 de maio de 2011 | 15h30

A relação entre os dois governos está delicada depois do assassinato de Bin Laden, na semana passada, por forças norte-americanas. O Paquistão acusa os Estados Unidos de violarem a sua soberania quando uma equipe dos EUA disparou contra Bin Laden em sua casa, no Paquistão.

"Acreditamos que é muito importante manter uma relação de cooperação com o Paquistão, precisamente porque é nosso interesse de segurança nacional fazer isso", afirmou Carney em entrevista à imprensa.

Carney disse que espera que os dois países sejam capazes de resolver suas diferenças, mas acrescentou que os Estados Unidos não têm que pedir desculpas pela invasão ao complexo de Bin Laden.

Ele disse que os Estados Unidos estão "muito interessados" em obter acesso às mulheres de Bin Laden.

(Reportagem de Steve Holland)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAPAQUISTAOVINCULOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.