EUA querem que G20 reafirme compromisso com o livre mercado

O governo Bush quer que a cúpula do G20 nesta semana em Washington reafirme o compromisso com a abertura de mercados, disse um funcionário da Casa Branca na quarta-feira. Dan Price, assistente da presidência do Conselho de Assuntos Econômicos, afirmou também que há expectativa de novas reuniões do G20, a próxima delas possivelmente no primeiro trimestre de 2009, depois da posse do democrata Barack Obama como presidente dos EUA. Explicando a importância da cúpula para a Casa Branca, Price disse a jornalistas: "É importante para o presidente que nesta reunião identifiquemos não só regras comuns, princípios comuns para a reforma, mas identifiquemos algumas das primeiras ações que precisamos tomar, e também que reafirmemos nossos compromissos com os princípios do mercado, do livre comércio e da liberalização dos investimentos." O G20 reúne economias dos países mais ricos e de países emergentes sob a presidência temporária do Brasil. O primeiro evento da cúpula será um jantar na sexta-feira, mas as deliberações devem acontecer no sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.