EUA querem transição ordenada no Egito, diz Hillary

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, disse neste domingo que os Estados Unidos querem ver uma transição ordenada de poder no Egito, onde protestos contra o governo ameaçam o regime do presidente Hosni Mubarak.

REUTERS

30 de janeiro de 2011 | 13h37

"Queremos ver uma transição ordenada para que ninguém preencha um vazio, para que não haja um vazio, que haja um plano muito bem pensado que traga um governo democrático e participativo", disse Hillary ao programa "Fox News Sunday".

Em outra entrevista, Hillary disse que os EUA querem ver uma transição do Egito à democracia.

"Queremos ver eleições livres e honestas e esperamos que seja um dos resultados do que está acontecendo agora", disse Hillary em entrevista ao programa "Meet the Press", da rede de

TV NBC.

(Por Richard Cowan)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAEGITOELEICOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.