EUA revogam licença de pilotos que esqueceram de pousar avião

Autoridades norte-americanas revogaram as licenças de dois pilotos da Northwest Air que passaram pelo aeroporto no qual deveriam aterrissar porque, segundo disseram aos investigadores, estavam discutindo a política da empresa e usando seus laptops.

REUTERS

27 de outubro de 2009 | 20h30

Os pilotos do voo 188 da Northwest, de San Diego para Minneapolis, perderam contato em 21 de outubro com os controladores aéreos por mais de uma hora, e só perceberam que haviam passado seu destino 240 quilômetros depois, disseram autoridades da área de aviação.

Ambos disseram à Agência Nacional de Segurança nos Transportes (NTSB, na sigla em inglês) que "perderam a noção do tempo" durante a conversa sobre os novos horários da tripulação. Eles também usavam seus laptops pessoais durante a discussão, disseram as autoridades.

A revogação da Administração Federal de Aviação citou várias violações e entra em vigor imediatamente. Os pilotos podem apelar da decisão dentro de 10 dias junto à NTSB.

(Reportagem de John Crawley em Washington e Andrew Stern em Chicago)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAPILOTOSLICENCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.