EUA suspendem benefícios comerciais para a Bolívia

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, suspendeu benefícios especiais comerciais para a Bolívia, pelo que considera falta de cooperação em esforços de combate às drogas, informou a Casa Branca nesta quarta-feira. "A suspensão ... é o resultado da falta de cooperação da Bolívia com os Estados Unidos em esforços de combate a narcóticos", disse a porta-voz Dana Perino em nota. Ela disse que a cooperação é um dos critérios do Ato Andino de Preferência Comercial (ATPA) e do Ato Andino de Promoção a Erradicação das Drogas (ATPDEA). "Se a Bolívia melhorar seu desempenho nos critérios dos programas ATPA e ATPDEA, o presidente emitiria uma proclamação para redesignar a Bolívia como um país beneficiário", disse. (Reportagem de Deborah Charles)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.