EUA:Polícia detonará explosivo no apartamento de autor de chacina

A polícia que investiga o massacre num cinema do Estado norte-americano do Colorado se preparava neste sábado para enviar um robô ao apartamento onde morava o acusado do ataque que matou 12 pessoas durante a exibição do novo filme da trilogia 'Batman'.

Reuters

21 de julho de 2012 | 10h45

Segundo a polícia, o local tem uma sofisticada armadilha de explosivos, que o robô irá detonar.

James Eagan Holmes, de 24 anos, é acusado de ter invadido um cinema multiplex em Aurora, subúrbio da cidade de Denver, pouco depois da meia-noite de sexta-feira, usando colete à prova de balas e máscara de gás. Ele lançou bombas de efeito moral contra a plateia, passando depois a atirar aleatoriamente nas pessoas.

O estudante universitário - que segundo as autoridades havia pintado o cabelo e se identificou como 'O Coringa', numa referência ao inimigo de Batman - foi detido poucos minutos depois do ataque e está sob custódia.

Posteriormente, a polícia encontrou grande quantidade de explosivos no apartamento onde ele morava e não pôde entrar no local.

O massacre durante a exibição de 'Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge', recém-lançado nos Estados Unidos, chocou a cidade de Aurora e o país, e fez lembrar o massacre de 1999 na Escola Columbine, em Littleton, situada a apenas 27 quilômetros de distância. Na Columbine, dois estudantes abriram fogo e mataram 12 colegas e um professor.

O atentado também teve impacto na campanha eleitoral do presidente Barack Obama e de seu rival, o republicano Mitt Romney, que retiraram anúncios do ar no Colorado e na sexta-feira dedicaram sua programação de eventos às vítimas do massacre.

(Reportagem de Mary Slosson e Keith Coffman)

Mais conteúdo sobre:
EUAATENTADOCOLORADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.