Kathy Willens/AP
Kathy Willens/AP

Ex-presidente dos EUA Bill Clinton passa bem após cirurgia

Antecessor de George W. Bush foi operado após senti dores no peito e pode ter alta ainda nesta sexta

Efe,

12 de fevereiro de 2010 | 03h11

O estado de saúde do ex-presidente dos EUA Bill Clinton é "excelente", disse na quinta-feira, 11, o médico responsável pela cirurgia pela qual passou o ex-líder. Clinton pode receber alta ainda nesta sexta, conforma adiantou o médico.

 

"O diagnóstico é excelente", disse o doutor Alan Schwartz, que o atendeu na quinta-feira, 11, no hospital Presbiteriano de Manhattan, garantindo que "não houve indício algum" de que o ex-presidente americano sofresse um ataque de coração.

 

O cardiologista afirmou que Clinton, de 63 anos e coordenador da ajuda internacional para o Haiti, foi hospitalizado por que sofria de dores repetitivas no peito há vários dias, e, após uma revisão, decidiu passar pela intervenção cirúrgica, que durou pouco mais de uma hora.

 

Schwartz explicou que "um dos quatro 'by-pass' que o presidente tem desde 2004 estava completamente bloqueado, e por isso sentia essas dores".

 

Na intervenção, o cardiologista colocou dois "stent" em uma das artérias do ex-presidente americano, que logo depois ficou "de pé, animado" e acompanhado de sua esposa, a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, e de sua filha Chelsea.

Tudo o que sabemos sobre:
Clintoncirurgiacoração

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.