Ex-presidente dos EUA Jimmy Carter permanece internado

O ex-presidente dos Estados Unidos, Jimmy Carter, está de "bom humor" um dia depois de ser levado às pressas para um hospital de Ohio com dores no estômago, mas permanecerá em observação pela segunda noite, informou o hospital na quarta-feira.

REUTERS

29 de setembro de 2010 | 21h36

"O ex-presidente Jimmy Carter está se recuperando da indisposição estomacal que foi noticiada anteriormente", disseram o MetroHealth Medical Center, em Cleveland, e o Carter Center, de Atlanta, em comunicado conjunto.

Os médicos "determinaram que a causa provável era uma infecção viral que agora está melhorando", acrescentaram.

Mais cedo, a equipe médica disse que Carter estava de "bom humor", grato pelos bons desejos enviados e "ansioso para voltar à sua agitada agenda de atividades".

Carter, que faz 86 anos na sexta-feira, sentiu dores no estômago durante um voo para Cleveland, onde participaria de uma sessão de autógrafos de seu novo livro "Diário da Casa Branca".

Ele foi levado do aeroporto direto para o hospital de ambulância.

Carter se mantém ativo na diplomacia internacional desde o fim do seu mandato (1977-1981), intervindo principalmente em favor de norte-americanos detidos no exterior e como observador de eleições em outros países.

Ele ganhou o Nobel da Paz em 2002.

(Por Andrew Stern e Peter Bohan)

Tudo o que sabemos sobre:
EUACARTERSAUDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.