EXCLUSIVO-Obama vai anunciar reforma de polêmico programa da NSA

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai anunciar nesta sexta-feira uma grande reforma no polêmico programa da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) que monitora grande quantidade de dados telefônicos de estrangeiros e norte-americano, disse uma fonte graduada do governo.

STEVE HOLLAND E MARK HOSENBALL, Reuters

17 de janeiro de 2014 | 09h37

Em discurso às 14h (horário de Brasília) no Departamento de Justiça, Obama vai dizer que está ordenando uma transição que vai mudar de forma significativa o uso pela NSA do que ficou conhecido como programa de "metadados" de telefonemas.

A medida de Obama tem como objetivo restaurar a confiança nas práticas de inteligência dos Estados Unidos, e será anunciada após meses de revisão do programa pela Casa Branca, depois das revelações feitas pelo ex-prestador de serviço da NSA Edward Snowden.

Em um aceno aos defensores da privacidade, Obama vai dizer que ele decidiu que o governo não deve mais manter o enorme volume de metadados de telefonemas, uma decisão que pode frustrar alguns oficiais de inteligência.

Além disso, o presidente vai determinar, com efeito imediato, que "nós tomaremos medidas para modificar o programa para que uma decisão judicial seja necessária antes de consultar o banco de dados", disse a fonte, que revelou detalhes do discurso sob condição de anonimato.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMANSAREVISAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.