Explosão causa danos em loja da Starbucks em Nova York

Uma explosão nesta segunda-feira danificou uma cafeteria em Nova York, de acordo com a polícia que investiga se há relação com explosões nos consulados britânico e mexicano.

REUTERS

25 de maio de 2009 | 14h30

A pequena explosão ocorreu às 3:30 horário local (4:30 horário de Brasília) e quebrou janelas e destruiu um banco de madeira na calçada da Starbucks em Manhattan, disse a polícia. A loja estava fechada no momento da explosão, e não houve feridos.

A polícia investiga se há alguma ligação com explosões nos consulados britânico, em 2005, e mexicano em 2007, e com explosão em estação de recrutamento do Exército dos Estados Unidos em Times Square, em 2008.

As explosões ocorreram no mesmo período do dia, disse a polícia. Em todas as explosões, os danos foram limitados e não houve feridos.

Nos outros incidentes, um ciclista foi visto nas redondezas. A polícia busca obter imagens das câmeras de vigilância de lojas na área da explosão desta segunda-feira.

A polícia não recebeu alertas ou chamados antes da explosão, disse o delegado Ray Kelly.

(Reportagem de Ellen Wulfhorst)

Tudo o que sabemos sobre:
EUASTARBUCKSEXPLOSAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.