Explosão em mina na Ucrânia deixa pelo menos 16 mortos

Equipes de resgate estão no local para realizar buscas por desaparecidos

Efe,

29 de julho de 2011 | 02h56

KIEV - Pelo menos 16 mineiros morreram, dois ficaram feridos e outros dez estão desaparecidos após uma explosão em uma mina de carvão no leste da Ucrânia, informou sexta-feira, 28, o Ministério de Emergência ucraniano.

 

O acidente aconteceu na noite de quinta, 27, na mina Sujodólskaya-Vostóchnaya, em uma galeria a 915 metros de profundidade na qual 28 mineiros trabalhavam.

 

Mais de dez equipes de resgate estão no local para realizar as buscas pelos mineiros desaparecidos.

A mina Sujodólskaya-Vostóchnaya, cuja exploração começou em 1980, é considerada uma das mais perigosas da bacia de Donetsk, já que foi cenário de vários acidentes.

 

O mais grave deles aconteceu em 9 de junho de 1992, quando uma explosão de gás metano em uma de suas galerias causou a morte de 66 mineiros.

As minas de carvão ucranianas figuram entre as mais perigosas do mundo, e a cada ano dezenas de acidentes acontecem em seus poços.

 

Um terço das explorações de carvão ucranianas está em funcionamento há mais de um século, sem modernização há décadas.

 

Segundo as estatísticas oficiais, cada 1 milhão de toneladas de carvão extraído na Ucrânia custa a vida de dois mineiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.